21 dezembro 2010

Reciclando o Panetone

Pudim de Panettone do Lorenzo Bistrô


Essa receita é pra depois do Natal.
Depois que a gente já se encheu do panetone que sobrou e até ressecou. Há também aquela "oferta" depois das festas, pra liquidar os panetones das prateleiras dos supermercados.
É aí que entra o :

Pudim de panetone



Você vai precisar de:

- ½ litro de leite
- 170 gramas de açúcar
- ½ litro de creme de leite fresco
- 4 ovos
- 1 panetone picado ou em fatias (os restos da festa)

Modo de preparo:

Misture os outros ingredientes em uma vasilha. Mergulhe as fatias do panenote na mistura e colocar em forminhas. Entre uma camada e outra, despeje um pouco do creme. Coloque as forminhas e uma assadeira com água, para assar em banho-maria. Leve ao forno por 30 minutos a 200ºC. Pode ser servido com sorvete de creme.


http://g1.globo.com/jornal-hoje

12 dezembro 2010

Programa muito legal !

Hoje fomos ao Mercadão Central em SP. Estamos pra ir lá desde que voltamos a morar em SP, mas nunca dava tempo. Hoje como precisávamos comprar alguns ingredientes para o natal, resolvemos dar um pulo lá. Resolvemos ir de metrô por causa do caos no trânsito, e valeu a pena. Pra quem não sabe, a gente desce na estação Luz da Linha Azul, sentido R. Florêncio de Abreu, e desce a rua Paula Sousa. Eu particularmente nunca havia feito esse caminho. Essa rua tem TUDO pra restaurantes, bares, etc. Desde fôrmas de silicone pra bolo até churrasqueiras profissionais. Um paraíso! Tem também ingredientes pra bolos, sorvetes...quem quer fazer uma festa tem que ir lá. Se você for no sábado, chegue cedo, porque o comércio por lá fecha mais ou menos as 13 ou 14hs.
 Bem, antes de chegar ao Mercadão, já estávamos carregando algumas "sacolinhas". Vire a direita na rua da Cantareira, pronto, você chegou.

R. Cantareira, 306

De longe a gente vê a cúpula esverdeada linda do Mercado Municipal.
Lá dentro, aquela muvuca maravilhosa de cores, sabores e odores.


Em toda banca (ou quase todas), algum item para degustação. Queijos, frios, frutas secas, bebidas...impossível não sair de lá sem comprar nada.


Hoje trouxemos: salsichas para tira gosto, parmesão uruguaio, tamaras, castanhas do pará, bananas passa, espumante...os preços estavam ótimos. O Mercado estava lotado...

O vitral lindo
É claro que nós não poderíamos deixar de saborear o famoso bolinho de bacalhau do Mercado, e os pastéis, tudo acompanhado de um chope bem geladinho.

Fritura não é lá saudável, mas de vez em nunca, não deve ser tão mal assim. Além do que, o prazer de comer esse bolinho num lugar tão bacana, não tem preço !